Fale conosco

Mercado Livre de Energia

Uma nova forma de ser livre.

Mercado livre de energia

Liberdade. Autonomia. Poder de escolha.
SEJA UM CONSUMIDOR LIVRE!

No mercado livre de energia, o consumidor tem liberdade para negociar com seus fornecedores de energia, seja ele um gerador ou um comercializador. Nesse modelo, é possível ter redução de custo, previsibilidade orçamentária, energia limpa e mais tecnologia.

Com a livre concorrência, o cliente pode negociar as condições de energia elétrica de acordo com seu perfil de consumo. Sempre fazemos a analogia desse modelo com o de telefonia atualmente no Brasil, em que a pessoa pode ter acesso a diferentes opções e escolher a que melhor se encaixa à sua realidade.

Diferenças entre mercado cativo e mercado livre de energia

Mercado Cativo de Energia

Nesse modelo, o consumidor não tem nenhum poder de negociar a sua energia elétrica e tem seu contrato vinculado exclusivamente com a distribuidora local.

Mercado Livre de Energia

Já no mercado livre de energia, o cliente pode negociar suas condições (preço, prazo, volume de energia) diretamente com o fornecedor, ou por meio de uma empresa especialista que o represente, como a 2W Energia.

Benefícios do Mercado Livre de energia elétrica

Benefícios do mercado livre de energia elétrica

O Mercado Livre de energia elétrica, além de ser uma opção extremamente eficaz na redução de custos, permite que condições como o tipo de energia, quantidade e duração do contrato sejam negociados de acordo com as necessidades da empresa. E o melhor de tudo é que o cliente também possui poder de decisão atrelado a qualidade, visto que pode escolher seu fornecedor e o tipo de energia que consumirá.

Principais benefícios dos consumidores do mercado livre de energia:

Custo

Economia com os custos de energia elétrica;

Poder de decisão

Possibilidade de escolher seu fornecedor e negociar preços, prazos de contrato, tipo de energia e quantidade;

Previsibilidade orçamentária

Estabelecer antecipadamente uma base de quanto irá gastar com energia durante o período;

Sustentabilidade

Escolha de fontes renováveis, que contribuem com o meio ambiente e reduzem a sua pegada de carbono.

Tecnologia

Tenha um medidor inteligente instalado e acesse, em tempo real, todo o seu consumo de energia em um relatório digitalizado.

Como faço para migrar para o mercado livre de energia?

A migração para o Mercado Livre de Energia exige que o consumidor cumpra com alguns critérios: é necessário que a empresa tenha um consumo mínimo de 500KW e esteja conectava a alta tensão.

Demanda

Classificação

Especificação

Demanda

Entre 500 kW
e 1.500 kW

Classificação

Consumidores
Especiais

Especificação

Só podem escolher fontes incentivadas, por exemplo, solar e eólicas

Demanda

Igual ou maior
que 1.500 kW

Classificação

Consumidores
Livres

Especificação

Podem escolher energia vinda de qualquer fonte de geração

E se eu não atingir o consumo mínimo, não posso migrar?

E se eu não atingir o consumo mínimo, não posso migrar?

Para aqueles que não atingirem a demanda mínima com sua unidade consumidora, ainda podem migrar através do que chamamos de Comunhão de Carga.

A migração por comunhão de cargas é uma alternativa para unir Unidades Consumidoras (UC) e, juntas, atingirem o valor mínimo para migrar para o Mercado Livre. A comunhão de cargas acontece usualmente em indústrias e empresas de pequeno e médio porte, que não possuem demanda individual suficiente para a migração do ML, e apresentam mais de uma unidade consumidora na mesma localidade ou mesmo grupo empresarial.

Como funciona a migração por comunhão de cargas?

Como dito anteriormente, a comunhão é a união entre UC e, para isso, existem duas formas de fazer isso:

Clique aqui para fazer um Orçamento

Atenção

Unidades consumidoras podem unir suas cargas para atingir o nível de demanda de 500 kW exigido para se tornar consumidor especial do mercado livre de energia

A comunhão pode ser de
FATO ou DIREITO

FATO

Unidades consumidoras em áreas vizinhas (sem separação por vias públicas)

DIREITO

Unidades consumidoras com mesma raiz de CNPJ

Como funciona o processo de migração?

Análise de Viabilidade

Para saber se você é um consumidor que pode ter acesso ao mercado livre de energia, é só fazer uma análise de viabilidade. Envie a sua fatura de energia para a 2W Energia e fazemos essa análise gratuita para você!

Informar à Distribuidora

Após a análise, se você for um consumidor viável para esse modelo. Após contratação da empresa parceira que te auxiliará nesse processo, é hora de informar a sua distribuidora de que fará essa mudança. É preciso enviar uma Carta Denúncia e alguns documentos pelo menos 6 meses antes do encerramento do seu contrato atual com a concessionária. Até é possível fazer essa etapa antes do prazo estipulado, mas será cobrada uma multa!

Adesão à CCEE

O terceiro passo é dar entrada na Câmara de Comercialização de Energia Elétrica, (CCEE). Aqui, é uma parte mais burocrática você precisará entregar alguns documentos e abrir uma conta no Banco do Bradesco onde são feitas todas as transações do mercado livre. Lembrando que a 2W Energia auxilia em todo esse processo!

Cadastro do Ponto

Nesta última fase, é realizado o cadastro do ponto no Sistema de Coleta de Dados de Energia (SCDE), ou seja, um novo sistema de telemetria inteligente do seu consumo de energia. Aqui a CCEE já enxerga o seu ponto de medição como um agente livre, ou seja, você está dentro Mercado Livre de Energia!