Fale conosco

Comprove que a sua empresa consome energia renovável

20 de agosto de 2021

Categorias:

A sustentabilidade no mundo corporativo é um tema de destaque. Empresas de todos os portes estão percebendo cada vez mais que a adoção de atitudes e estratégias sustentáveis são muito reconhecidas e dizem muito sobre seus valores.

Com isso, as empresas começaram a procurar alternativas para tornar seus processos mais sustentáveis.

A energia elétrica é um insumo essencial em qualquer empresa e, dependendo da origem desse insumo, ela pode estar contribuindo com a emissão de gases de efeito estufa (GEE).

Estima-se que, a cada MWmédio de energia consumida, são emitidos mais de 540 toneladas de carbono por ano, isso equivale a 4 mil árvores (dados de emissões do SIN: Ministério de Ciência e Tecnologia).

Agora você pode estar se perguntando: Como eu sei a origem da energia que eu estou consumindo?

Realmente, a energia que chega ao consumidor pode ser proveniente de várias fontes. Ou seja, depois da injeção de energia das usinas no SIN (Sistema Interligado Nacional) já não há como saber de qual fonte de energia aquela eletricidade veio.

Então, em paralelo a essa crescente preocupação das empresas com um consumo de energia mais sustentável tem-se a importância de saber que a energia consumida veio de fontes renováveis.

Algumas empresas investem em uma usina própria para gerar energia renovável. Outras, por meio de políticas sustentáveis, dão preferência às fontes renováveis em compras de energia no mercado livre. Contudo, essas empresas normalmente ainda continuam utilizam o grid (Rede) do Sistema Interligado Nacional (SIN) para a sua transmissão.

Por isso, mesmo que a empresa produza ou compre energia limpa, essa ação não pode ser utilizada como comprovação, em termos de redução de emissão 100% de suas emissões, já que, até então, todos tinham que utilizar o fator de emissão do Grid.

Sendo assim, verificou-se a necessidade de um sistema de contabilização que controla a entrada e a saída de energia das fontes renováveis.

Para auxiliar nisso, foi criada a Certificação I-REC (International Renewable Energy Certificates).

O QUE É UM  I- REC?

O I-REC é um sistema global que possibilita a certificação da energia renovável. Com essa certificação, o consumidor mostra o seu compromisso com a sustentabilidade, incentivando as fontes renováveis.

As fontes que se enquadram nessa categoria são as eólicas, solares, pequenas hidrelétricas e biomassa.

Sendo que as fontes de energias eólica, solar e hídrica, são energias renováveis com zero emissão de CO2.

Já a fonte de biomassa, o seu processo de geração de energia não é considerado totalmente neutro, assim, no certificado de energia renovável dependendo de cada planta é considerado um percentual de emissão de gases de efeito estufa.

O conceito do certificado pode ser explicado da seguinte forma: A minha fatura de energia, prova que eu consumi energia elétrica, agora como que eu provo que essa energia que eu consumi é renovável?

É isso que o Certificado de Energia Renovável comprova.

O I-REC funciona como uma garantia de origem da energia que sua empresa está consumindo. Atestando que, você adquiriu energia renovável de um fornecedor específico.

Cada certificado equivale a 1MWh de energia que foi injetada no sistema.

Entretanto, há uma série de procedimentos para garantir o processo de certificação.

Vamos saber mais sobre o processo de registro?

COMO É O PROCESSO DE CERTIFICAÇÃO I-REC?

Primeiramente, para emitir um certificado de energia renovável, é necessário que a usina produza energia renovável!

A partir disso, todos os geradores de energias renováveis que desejam gerar I-REC, são auditados e atestados pelos Instituto Totum. Este é um órgão independente responsável por esse certificado aqui no Brasil.

Uma vez que a usina consegue a aprovação para emitir RECs, passa a fazer parte da plataforma I-Rec Standard. É por esta plataforma que a usina poderá emitir seus Certificados de Energia Renovável.

Contudo, a liberação dos certificados só acontece quando a usina comprovar que gerou a 1 MWh de energia em um determinado período (normalmente um mês).

Após a auditoria do Instituto Totum, a usina passa a emitir um REC para cada geração de 1MWh na rede.

Já os comercializadores que transacionam I-RECS, são habilitados pelo I-REC Standard, que também é responsável pela plataforma onde os certificados são registrados e transferidos para os consumidores.

NEGOCIAÇÃO DE CERTIFICADOS DE ENERGIA RENOVÁVEL     

 Para negociar certificados a 2W Energia te ajuda.

Vamos entender como funciona esse processo, por exemplo:

 A 2W Energia é uma comercializadora habilitada e tem um cliente que deseja certificação I-REC.

Assim, a 2W Energia vai buscar geradores habilitados para negociar essa transação, para que o consumidor obtenha o seu certificado.

A cada 1MWh consumido e comprado pelo cliente equivale a 1 REC. Ou seja, se o consumidor consome 30 MWh, ele deve comprar 30 I-RECs.

Assim, o Certificado de Energia Renovável permite dizer que o consumidor comprou energia de um fornecedor específico.

Portanto, quando um consumidor adquire um REC, ele se torna proprietário exclusivo, ou seja, ninguém mais poderá utilizar aquele Certificado.

Sendo assim, qualquer pessoa, pode comprar Certificados de Energia Renovável. Em outras palavras, qualquer corporação, empresa, organização sem fins lucrativos ou indivíduo preocupado com sua emissão de carbono pode comprar RECs para garantir que sua eletricidade seja proveniente de energia renovável.

Desta forma, ao adquirir um Certificado I-REC, você está contribuindo para a redução das emissões dos GEE e também agregando valor ao seu produto ou serviço.

Quer saber mais sobre esse produto da 2W e entender como sua empresa pode se beneficiar com isso? Acesse nosso site fale com nossos especialistas: https://2wenergia.com.br/i-rec/

Joiris Manoela Dachery, Fundadora do Canal Energês