Fale conosco

10 dúvidas sobre Energia Solar

Este está sendo o melhor ano em termos de expansão da energia solar fotovoltaica no Brasil. Só no primeiro semestre de 2020, a potência instalada cresceu 30%, com mais de 1,5 GW instalados até junho.  

São tantas informações a respeito dessa poderosa fonte renovável de energia que, muitas vezes, ainda podem surgir dúvidas quanto à sua utilização. Neste post, listamos 10 questões mais frequentes no que diz respeito a ela.  

A energia solar é cara 

Atualmente, o custo do painel solar diminuiu bastante. Com o avanço da tecnologia, a produção de energia solar também aumentou. O volume da procura fez a oferta pelo recurso ser maior, fazendo os preços caírem significativamente. Além disso, a eficiência dos painéis solares tem crescido, e levando em conta o preço da energia fornecida pela rede pública, os painéis solares se tornaram ótimos investimentos, possuindo excelente custo benefício. 

Os painéis solares exigem muita manutenção 

Pouca! Por um lado, assim como sistemas em geral, o fotovoltaico requer ações preventivas como a averiguação das conexões elétricas, caixas de proteção, quadros e cabeamento. Neste caso, trata-se de uma manutenção para os equipamentos solares; por outro, no dia a dia a manutenção mais comum é a limpeza da poeira e objetivos que se acumulam naturalmente na superfície da placa. Viu só? Não é necessária muita manutenção. A tecnologia é tão segura que os produtores muitas vezes oferecem de 20 a 30 anos de garantia.  

Quando faz frio, existe energia solar 

A irradiação solar incide no módulo, logo, em região onde há menos incidência do solar a energia produzida pelo equipamento é menor. Isso se explica pelo fato de que os módulos fotovoltaicos necessitam de um nível mínimo de densidade solar sobre determinada superfície para converterem os raios solares em energia elétrica. Mas, engana-se quem pensa que esse fator é decisivo. Os sistemas de energia solar podem gerar uma quantidade significativa de energia durante dias sem incidência solar. Pois, ao contrário do que muitos pensam, os painéis solares usam luz e não calor para produzir energia. Sendo assim, quando a temperatura dos painéis solares está menor, eles são capazes de produzir mais energia renovável quando chegam a 32°C, por exemplo, o seu rendimento começa a cair, isso porque a temperatura dos painéis solares é em média 20°C mais alta do que a temperatura real do ambiente. 

Quem tem painéis solares não usa a rede pública e armazena energia em baterias 

Essa é uma das dúvidas mais disseminadas! Porém, a maior parte dos sistemas de energia solar é conectada à rede, tanto por razões financeiras quanto por razões ecológicas. Levando em conta a natureza, as baterias têm prazo de validade, e podem ser um problema ambiental se forem descartadas de maneira errada. Considerando a parte econômica, nos países em que é permitido injetar energia na rede pública, os consumidores recebem até mesmo descontos na conta de luz. 

Posso vender a energia solar que produzo 

Sim, é possível produzir e vender a energia solar gerada. A regra é válida para as residências com a utilização dos créditos de energia referentes à geração excedente. Essa é uma prática que beneficia não só o consumidor, mas também o Estado, proporcionando uma economia significativa para ambas as partes. 

O retorno ao meu investimento leva menos que um ano 

Antes de afirmar isso, é preciso entender os fatores que estão em jogo. Assim como vimos que há diversas variáveis implicada na fatura da conta de energia, o payback (ou prazo de amortecimento do investimento) em projeto solar está também ligado a itens de observação como degradação anual dos módulos, incidência de tributos (ICMS, PIS e COFINS), distribuidora, estado, custos de instalação, entre outros. Em geral, porém, estima-se que para projetos residências, em média, o ROI (ou Return On Investment) surge a curto e médio prazo, se considerarmos 4 e 8 anos.  Mas não é uma regra única ou definitiva. 

Para limpar o módulo, posso andar sobre ele 

Preferencialmente, não! Isso porque, apesar do equipamento suportar o peso de uma pessoa, a prática de andar por cima dele, além de correr o risco de quebrá-lo, pode provocar pequenas rachaduras, resultando no aumento da temperatura na célula, o que comumente é chamado de hotspot ou “pontos quentes”. Em consequência disso, a energia gerada pela placa solar é reduzida. Então, fica a dica: não pise no módulo!  

Minha fatura de energia será nula 

Isso não é verdade, uma vez que os custos de energia não estão unicamente ligados ao seu consumo. Bandeira tarifária, manutenção de equipamentos, rede de distribuição entre outros fatores técnicos são levados em consideração no fechamento da conta. Por isso, muitas vezes, ainda que o consumidor tenha feito pouco ou nenhum uso de energia, sua fatura contabiliza alguns dígitos para pagar, mesmo que seja a taxa mínima de consumo, imposta. 

Consigo prever a vida útil do módulo fotovoltaico  

Na realidade, assim como qualquer outro equipamento, as placas solares também sofrem depreciação – que é causada por fatores climáticos –, o que reduz com o tempo a sua eficiência na conversão da radiação em energia elétrica. Mas, aquiete-se, pois de forma geral, em média, a produção de energia padrão garante 80% de sua eficiência original, com potência máxima de 325 W, durante 25-30 anos. Portanto, mesmo a longo prazo a fonte vale o investimento. Além disso, os sistemas de energia solar são seguros e muito confiáveisSegundo o EU Energy Institute, 90% dos painéis solares duram cerca de 30 anos. É interessante saber que os painéis solares são projetados para suportarem climas extremos, incluindo, chuva de granizo e até mesmo queda de galhos. 

Distribuição elétrica convencional e sistema fotovoltaico são interligados 

Quando o primeiro tem seu abastecimento interrompido, o segundo está habilitado para cessar, também. Isso acontece porque a norma ABNT NBR IEC 62116 garante o não ilhamento da unidade consumidora. Mais do que isso, o ponto importante a ressaltar é que essa interrupção proporciona segurança aos prestadores de serviço da concessionária enquanto estão realizando a manutenção da rede de distribuição. É compreensível, não é? 

 

Quer saber mais sobre energia solar e outras fontes renováveis? Nos acompanhe nas redes sociais: Facebook, Instagram, Linkedin, Twitter e Youtube.

2W Energia